quinta-feira, março 27, 2008

Bibinha! Quem quer a bibinha?


"Ao abrir, pela manhã, a janela do meu quarto, dei um grito de alegria!
É que iam passando pela rua as mulheres de venda, com as suas canastras à cabeça, a sua perna nua, e os cabelos soltos flutuando ao vento!...
- Biba! Biba! gritavam elas, apregoando sardinha. Oh! Bibinha! Bibinha! Quem quer a bibinha!
Ah! Não há nada mais bonito, mais virginal, mais tentador, e ao mesmo tempo mais casto, do que aquelas modestas raparigas, de olhos grandes e ternos, sorriso meigo, olhar límpido! de uma força graciosa, que revela fogo nos olhos e sangue nas veias! passando indiferentes a quem olha para elas, às perguntas que lhes dirigem, às galanterias que lhes dizem... aos pedidos que lhes fazem!...
- Bibinha! Bibinha! gritam elas. Quem quer a bibinha?"


Júlio César Machado
, Recordações do Porto

4 comentários:

Hertista (Ticha) disse...

Eu estou amuada! :( Antes de ontem enviei um comment aqui sobre a "Bibinha", mas parece que foi boicotada! :S
Seja! :p
Era só para dizer que eu gosto desta autenticidade!
A beleza das palavras ditas ao jeito de humildade! :)...
Mas nos tempos que correm, há por aí uma tal entidade a dar cabo das autenticidades! Sardinhas nas canastras! Onde vai isso!? (sim, sim... a ASAE)

Li Supertramp disse...

Não te esqueceste de um agradecimento?:P

jorge_grator disse...

Ao menos um agradecimento ao Autor da ilustração...
...ou uma premição não ficava mal...

José Eduardo disse...

de acordo. no entanto, é bem visível na ilustração a assinatura do respectivo autor e não deixei de linkar na legenda a proveniência da mesma. o que acontece é que mudei a imagem do blogue recentemente e as palavras linkadas já não são tão visíveis, ao contrário do que acontecia na altura da publicação deste post. de qualquer maneira, ficam agora o meu agradecimento e as minhas desculpas. mais vale tarde do que nunca.