segunda-feira, janeiro 14, 2008



«Lembro-me (...) ainda daquela tarde de cinema no antiguinho Batalha, onde ocupamos alguns lugares da última fila. À nossa frente fazia-nos companhia uma plateia cheia de cadeiras vazias. O filme era ´Ronin´(...)»

E para quando o regresso para um concerto tão bom como foi este?

12 comentários:

Vânia Dias disse...

Ai Cat Power era tão boooom! suspiro.

João Miranda disse...

Eu também me lembro!! :)

Fico verdadeiramente impressionado com o subaproveitamento de um espaço tão emblemático como o Batalha. Esse concerto da Cat Power deu-me esperanças que as coisas mudassem. Infelizmente ainda não foi desta. Há que manter a esperança.:)

Abraço.

Mariana Duarte disse...

Que sorte! :)

joaninha disse...

Vimos por este meio convidá-lo para participar num pequeno colóquio que se realizará no
dia 18 de Janeiro por volta das 21 horas, tendo como base fotografias do Porto.

O colóquio surge da necessidade de integrar todos os portuenses no nosso trabalho
"Invicta - uma cidade muitas perspectivas" fazendo com que a ideia de cada um seja ouvida.
Mais uma vez aproveitamos para dizer que o nosso projecto pode ser seguido através do
blogue http://invicta-criativa.blogs.sapo.pt/

O local escolhido é o Salão Nobre da Escola Salesiana - Colégio dos Órfãos do Porto que
sita no Largo Padre Baltasar Guedes.

Contando desde já com a sua presença,

Os Invictus

Numantino disse...

O "Upload" de fotos bem com de textos mais ou menos sentidos e mais ou menos eloquentes não revitaliza o Porto. O Porto está mitrado e a realidade nua e crua não se esbate com fotos à medida. O porto encontra-se desalinhado tal como este blog.
:-)

José Eduardo disse...

Numantino,

Cada um vê a cidade à sua maneira. Com este blogue faço aquilo que gosto e aquilo que quero. Não pretendo com ele revitalizar o Porto, porque o Porto tem sempre vida. Não morreu nem nunca morrerá. "Desalinhado" foi o seu comentário.

Bibó Porto! ;)

João Miranda disse...

Se calhar percebemos mal Zé.

Segundo o dicionário a palavra "desalinhado" pode ser interpretada como "fora de alinhamento" ou "despretensioso". Para o senhor Numantino perder o seu tempo precioso e testemunhar aqui que considera o Porto e teu blog não alinhados e despretensiosos é de uma simpatia a toda a prova.

Em meu nome senhor Numantino, muito obrigado pela simpatia. Vê-se que é boa gente. E se precisar de um guia para visitar o Porto já conhece o endereço deste blog "desalinhado".

Um abraço.

Numantino disse...

Caríssimo José Eduardo, esse seu temperamento pode-lhe agravar a ansiedade. Empreguei o adj. "desalinhado" no seu sentido denotativo. No entanto, gostei da conotação que o Sr. Miranda (D.Sebastiaão) lhe deu no sentido de "puxar a brasa à sua sardinha". No então o meu anterior comentário não envolve metáforas, nem nenhuma outra figura de estilo sofisticada, para que possa ser dele extraído uma segunda ideia.
O meu comentário, que não deixa de ser uma opinião própria, expressa um sentimento de revolta de quem tão bem conhece o Porto.
Só mais uma coisa; O Porto necessita de ser rivitalizado Sr. José, se não o acha é porque não sente nem nunca sentiu o PORTO.

José Eduardo disse...

Não sem quem o senhor é mas também não quero saber. Desde já lhe digo que não vou entrar na batalha de palavras. Até ficava a condizer com a fotografia, mas não. Vou ficar por aqui. Já estou a perder o meu tempo neste momento e o senhor também tem estado a perder o seu certamente. Mas ainda lhe digo, por fim, que se quiser continuar a fazer "uploads" de frustrações aqui, esteja á vontade. Desembuche! Para o caso da capacidade da caixa de comentários esgotar, tem também outros blogues dedicados ao Porto onde pode continuar esses "uploads" de frustrações.

Bibó Porto!

PS: O senhor não deve sair de casa. Ou então quando sai, vai para o shopping. De certeza.

Numantino disse...

Deixo-o ficar na enevoada ilusão das suas observações patéticas.

"Perdoai-lhe Senhor que não sabe o que diz!"

Numantino disse...

Só mais uma coisa Sr. José Eduardo. Você tem tempo para responder às minhas provocações mas não tem tempo de, à mesma hora, atender a minha chamada e responder à minha SMS. Você sempre foi um forreta mas às vezes exagera.

Só mais outra coisa. O Porto de que eu falo é o velho PORTO PEQUENINO.

Só mais outra coisa. Numantino é uma pomada do caraças...

LOL.

Abraço.

Numantino disse...

Tal como o PORTO tem fachadas de barro assim tens TU José. As amizades não acabam assim por mesquinhez daqueles que se julgam! Enfim!Boa sorte no teu deserto!