sábado, outubro 28, 2006

Hoje "viajámos" no comboio de ontem


" No tempo da minha avó, a velha travessia da periclitante “ponte de D. Maria Pia”, à chegada ao Porto, era sempre antecedida de um acto de contrição, rezado em voz alta no silêncio da carruagem - e eu aterrorizado, de mão dada com ela, olhando as águas escuras do rio, lá em baixo, que esperavam para me engolir. Disso, está agora poupado o meu filho. Infelizmente, já não chegaremos também a S.Bento, depois de mergulharmos naquele túnel escuro, cheio de fuligem e ruídos metálicos de travões sobre os carris, mas que dava um ar final de mistério e aventura à viagem. Sairemos antes em Campanhã e apanharemos um táxi para eu lhe mostrar a minha terra: a Boavista, a Foz, o Campo Alegre, a Ribeira. A meio do passeio lancharemos na «Arcádia»..."

Miguel Sousa Tavares, in ´Não te deixarei morrer, David Crockett´
( Uma pequena homenagem aos 150 anos do caminho-de-ferro em Portugal, a comemorar esta semana. Há século e meio atrás, neste dia, fazia-se a primeira viagem de comboio, e...«a manhã de 28 de Outubro de 1856 "apareceu radiosa e luminosa, com um sol outonal, mas escaldante", segundo os relatos da época.» Tal como hoje. )

1 comentário:

elsia =) disse...

Parece impossível a coragem dos que viajavam em comboios que não têm as condições de hoje em dia.

Parabéns aos caminhos-de-ferro portugueses! =)

**