sábado, novembro 10, 2007

Objectiva para a poesia


O Porto a preto-e-branco de Georges Dussaud.
A ver e a ler, no Público* de hoje.
*Procurar em Caderno P2, Temas.





"Não me interessa o Porto turístico. Esse já está identificado e documentado que chegue, e o meu papel de fotógrafo não passa por aí. A mim interessa-me captar os instantes de luz, e a realidade física e humana que ela ilumina ou obscurece. Interessa-me procurar a poesia que pode estar escondida na cidade - e essa já não está no circuíto turístico."

1 comentário: