sexta-feira, novembro 24, 2006

Detesto esperar...


Estação de S. Bento


Detesto esperar. Sempre acreditei mais no provérbio "Quem espera desespera" do que em "Quem espera sempre alcança". Destesto esperar por pessoas, por acontecimentos, por transportes, por uma hora, enfim, detesto esperar. Mas, como para tudo, há uma excepção que confirma a regra. No meu caso a excepção é a Estação de S. Bento. Há algo nesta estação erigida sobre o antigo convento de S. Bento que faz o tempo passsar mais rápido e que suaviza a "tortura" da espera. Talvez os magníficos azulejos com pedaços da história do Porto e do Douro que me fazem viajar no tempo. Talvez o constante entra e sai de pessoas desvie o meu olhar dos ponteiros do relógio. Não sei bem. O que sei é que a estação de S. Bento além de ser um dos mais bonitos monumentos da cidade do Porto é também um excelente local para se esperar.

3 comentários:

cdsousa disse...

Se a excepção confirma a regra, e se esta afirmação é uma regra, então o contrário também se verifica. Logo, ou esta afirmação se anula ou irá surgir uma outra regra que seria - as regras não têm excepções - o que nos levaria a um ciclo infinito de lógica.
No Porto não há regras nem excepções, porque o porto é singular. No Porto, vários são os locais onde esperar amaina a ansiedade. Esperar ao sabor da ondas na Foz. Esperar pelo jantar e que o Douro suba, mirando o porto de um restaurante no cais de Gaia. Esperar que um semáforo fique verde na rua Sta Catarina. Esperar na Praça da Liberdade pelo autocarro enquanto nos perfumamos com o fumo das castanhas assadas, etc.
Quem espera sempre alcança. E se não for o esperado, há-se ser o que nos está guardado!

João Miranda disse...

Concordo inteiramente contigo cdsousa. São infinitos os locais no Porto onde a espera se torna mais suportável e até prazeirosa.Além dos exemplos que deste existem ainda outros como aguardar por alguém na esplanada de um dos cafés da Avenida dos Aliados, apreciando a presente ou recordando a extinta, ou ainda sentarmo-nos num dos vários jardins enquanto observamos as brincadeiras de avós e netos. Partilho contigo o prazer de esperar pelo jantar num dos restaurantes do lado de Gaia como o "Ar de Rio" enquanto aprecio o Porto iluminado. Destaquei apenas a Estação de S. Bento por ser um dos monumentos que mais aprecio e ao mesmo tempo o local onde mais espero, maioritariamente pelo comboio que me leva a Viana do Castelo.
Obrigado pelo teu comentário.É para pessoas tão apaixonadas pelo Porto como tu que eu e o meu companheiro de blog vamos postando.

José Eduardo disse...

Amigos, o que eu espero é que continuem com tão bons comentários! E todas estas "esperas" aqui descritas, são do melhor que há! Assim, vale mesmo a pena esperar... Abraços.